Aqui Notícias de Três Pontas e regiãoPolítica em Três Pontas

Audiência Pública na Câmara debate normas para Projeto de restauração de horários e locais para carga e descarga no município

Com o passar dos anos, tudo evolui. As cidades crescem, a população aumenta e principalmente o número de veículos. Paralelo a este desenvolvimento está o comércio. Com o consumismo cada vez mais em alta, o fluxo de mercadorias e produtos para abastecer lojas e empresas aumenta na mesma proporção. Ao final, os problemas surgem instantaneamente também. Falta de vagas para carros, necessidade de faixas elevadas e semáforos e tudo mais que uma cidade em crescimento precisa.

Três Pontas não é diferente e por isso mesmo se defronta com um problema sério. A falta de vagas para carga e descarga e especificamente os horários mais adequados para estas finalidades. Para dirimir a questão, o Projeto de Lei nº 016, de junho deste ano foi elaborado para ser discutido na Câmara e, possivelmente votado. A finalidade é alterar a Lei Municipal nº 3.546 de junho de 2014, que regula a Área de Estacionamento para Operação de Carga e Descarga no âmbito do Município de Três Pontas. Contudo, é praxe dos vereadores, sempre ouvir a opinião de quem será afetado por uma nova lei ou norma a ser implantada. A pedido dos vereadores Benício Baldansi, Geraldo Prado, Luiz Flávio Floriano e do autor do Projeto, Antônio Carlos de Lima (Antônio do Lázaro), em parceria com a Associação Comercial de Três Pontas (Acai), os empresários e comerciantes foram convidados para uma Audiência Pública na noite de quinta-feira, dia 14 de setembro, no Plenário da Câmara. Como era esperado, pouca gente compareceu.

Mesa diretora dos trabalhos: Danilo, Benício Baldansi, Michel Renan

Mesmo assim, a representatividade foi grande. Participaram donos e gerentes de supermercados, lojas de departamentos, móveis e eletrônicos, de empresas ligadas ao transporte e membros de outros segmentos diretamente envolvidos na relação carga e descarga. A mesa de direcionamentos foi composta pelo vice-presidente da Câmara, vereador Benício Baldansi, presidente da Acai Michel Renan Simão Castro e por Danilo Alves da Silva, chefe da Divisão de Transportes e Trânsito da Prefeitura de Três Pontas. A bancada dos parlamentares foi ocupada ainda pelos vereadores Sérgio Silva, Maycon Machado, Roberto Cardoso, Marlene Lima, Erik Roberto e alguns representantes do comércio.

Vereador Maycon Machado durante leitura do Projeto

O primeiro ato da reunião foi a leitura integral do Projeto, feita pelo secretário da Mesa Diretora, vereador Maycon Machado. Na sequência, todos tiveram a oportunidade de explanar na tribuna sobre seus posicionamentos. O chefe do setor de Trânsito disse que ainda não há um mapeamento dos espaços disponíveis para carga e descarga, porém será providenciado. Ele respondeu alguns questionamentos dos participantes e ouviu atentamente as ideias expostas. No geral, o encontro serviu para que um consenso, pelo menos quanto aos horários destes serviços, fosse definido. Das 7 às 18 horas no Centro da cidade. Outra reunião será marcada para demandar sobre todas as sugestões ouvidas. O objetivo é conseguir adequar o projeto às necessidades da coletividade. Mesmo porque, não há espaço para criação de novas áreas de descarga no Centro e com o aumento da frota, isso será inviável.

Os vereadores cumpriram seus papeis, levando ao conhecimento da população um Projeto importante para todos. Agora, as propostas serão filtradas e discutidas novamente com uma comissão a ser formada por comerciantes, Acai e parlamentares, todos em busca de medidas que proporcionem o bem comum.

(Francisco Cândido – Assessor da Câmara Municipal de Três Pontas)

Notícia anterior

Idosos da Vila São Vicente de Paulo, de Três Pontas, vivem Dia da Beleza

Próxima notícia

Polícia Militar de Três Pontas desenvolve ações educativas em comemoração à Semana Nacional do Trânsito