Política em Três Pontas

Câmara de Três Pontas realiza primeira sessão sem a presença do público em virtude do Coronavírus

Seguindo as determinações do Ministério da Saúde no combate à disseminação do Coronavírus em todo o país, o presidente da Câmara de Três Pontas, vereador Maycon Machado, determinou que sessões do Legislativo Municipal sejam realizadas sem a presença do público, que deverá acompanhar as reuniões pela internet através da transmissão ao vivo pelo site da Câmara. A medida começou a valer na sessão dessa segunda-feira (16) e irá até o dia 30 de março.

Com o Plenário vazio, a reunião começou sem nenhuma proposta na Ordem do Dia, contudo, através do pedido do vice-presidente da Mesa, vereador Antônio “do Lázaro”, os parlamentares aprovaram a entrada de dois Projetos na pauta de votação. Projeto de Lei nº 043 e 041, respectivamente, ambos de abertura de crédito adicional especial. Antes das discussões e votação, os legisladores usaram o Pequeno Expediente para pedidos de providências ao Executivo e para prestação de contas de viagens a Belo Horizonte.

O primeiro a falar foi o vereador Roberto Cardoso. Ele pediu que seja enviado Ofício ao Executivo, solicitando um relatório referente a todos os gastos de dinheiro público com o carnaval. “Robertinho” também pediu que seja feita a operação tapa-buracos na Rua Marcílio Ferreira de Brito e que seja feita limpeza no Pontalete, onde segundo informações, os banheiros estão entupidos e sujos, além da existência de muito lixo na orla da represa de Furnas.

Por sua vez, o vereador Luiz Flávio Floriano prestou contas sobre a viagem que fez juntamente com o vereador “Robertinho” a Belo Horizonte, quando conseguiram junto ao deputado estadual Mário Henrique “Caixa”, uma emenda no valor de R$ 188 mil para construção de um estádio no Bairro Cidade Jardim. Luiz Flávio contou que destinará mais R$ 67 mil de sua Emenda Impositiva para que o campo seja gramado. “Flavão” voltou a dizer que está trabalhando para conseguir a colocação de antena de celular no bairro e tem adesão de outros deputados para conseguir o intento que é uma cobrança constante dos moradores. 

Vereadores em sessão da Câmara Municipal de Três Pontas (Crédito: Ascom CMTP)

Já o vereador Sérgio Silva usou a tribuna para desabafar sobre uma situação que ele considerou desagradável. Relatou que após o rompimento de uma tubulação de água no Centro da cidade, tentou amenizar a situação enquanto os servidores do SAAE faziam a manutenção. Segundo Sérgio, um dos servidores afirmou que seria necessário trocar a tubulação, mas que não havia essa possibilidade porque “poderiam aumentar o valor da tarifa”. Para Sérgio Silva, o comentário soou como se a culpa fosse dos vereadores e isso desagradou o parlamentar que ficou indignado e afirmou na tribuna que está ali para defender os direitos da população. Segundo Sérgio esta é a terceira vez que ocorre este tipo de comentário de servidor da autarquia SAAE e, para ele, jogar a culpa na Câmara pela falta de dinheiro para a manutenção da rede pluvial é uma vergonha.

O vereador “Coelho do Bar” aproveitou seu tempo para agradecer à Secretaria de Obras pela construção de calçada no prolongamento da Rua Nossa Senhora d’Ajuda no sentido da CTP 050 e pediu que fosse enviado Ofício à Secretaria de Esportes, solicitando relatório de viagens de atletas com nomes e endereços e destinos desde janeiro até agora. O parlamentar também prestou contas da viagem a Belo Horizonte com os vereadores Benício Baldansi e Antônio “do Lázaro”, quando através de emenda do deputado Caixa, foi disponibilizado um recurso no valor de R$ 150 mil para a construção do velório no Pontalete.

A vereadora e secretária da Mesa, Marlene Lima, foi a última a falar e aproveitou seu tempo para parabenizar o presidente Maycon Machado pela atitude de ter fechado as sessões ao público, usando o bom senso e a preocupação com o bem-estar do cidadão. Na mesma linha, considerou sensata a atitude do Executivo em suspender as aulas no município. A vereadora informou que ela e o presidente destinaram R$ 50 mil de suas emendas impositivas (R$ 25 mil cada) para o PAM de Três Pontas para investimentos no combate ao Coronavírus. Para finalizar, Marlene parabenizou o Executivo pela instalação do PSF (Programa Saúde da Família) na Unidade de Saúde do Bairro Morada Nova.

Projetos aprovados

Projeto de Lei nº 043/2020 – Abertura de crédito adicional especial no valor de R$ 267.500,oo.

Projeto de Lei nº 044/2020 – Abertura de crédito adicional especial no valor de R$ 6.810.488,62 para financiamento de obras de saneamento básico no município.  

(Fonte: Ascom CMTP)

Notícia anterior

Três Pontas tem 2 casos SUSPEITOS de Coronavírus, conforme boletim da SES-MG

Próxima notícia

Coronavírus - Depois dos clubes de esporte e lazer, são as academias de Três Pontas que aderem ao fechamento em nome da prevenção