Educação, Cultura e Lazer em Três Pontas

Centro Cultural “Milton Nascimento” em Três Pontas será reinaugurado com espetáculo “De Coisas que Aprendi com Elis” transmitido on-line para todo país

Após receber ampla reforma estrutural e de equipamentos, o Centro Cultural “Milton Nascimento”, em Três Pontas, será reinaugurado no dia 28 de junho, às 20 horas, com o espetáculo “De Coisas que Aprendi com Elis. Devido ao contexto da pandemia e necessidade de isolamento social, a apresentação será transmitida on-line, a partir do próprio palco do teatro e expandindo o alcance de público. No show, já assistido em diferentes salas de concerto do país, a cantora trespontana Isabela Morais faz uma grande reverência à trajetória de Elis Regina, além de homenagear “Bituca”. A transmissão poderá ser acompanhada pelas redes sociais da Prefeitura de Três Pontas no Facebook e YouTube.

“De Coisas que Aprendi com Elis” joga luz sobre canções que consagraram a gaúcha, falecida em 1982, como a maior cantora brasileira. No repertório estarão “Águas de Março”, “Como Nossos Pais”, “Romaria” e “O Bêbado e a Equilibrista”, de autoria de João Bosco e Aldir Blanc, letrista falecido este ano vítima do novo Coronavírus e que também será homenageado. De Milton Nascimento – artista lançado na década de 1960 pela própria Elis, com quem construiu forte amizade – estarão “Caxangá” e “Nada Será como Antes”, dentre outras surpresas.

No show, já assistido em diferentes salas de concerto do país, a cantora trespontana Isabela Morais faz uma grande reverência à trajetória de Elis Regina, além de homenagear “Bituca” (Crédito: Divulgação)

O show, que já foi visto em respeitados palcos como o Palácio das Artes e Cine Brasil Vallourec, em Belo Horizonte, e o Teatro João Caetano, no Rio de Janeiro, vem sendo sondado nos últimos anos pela Prefeitura para apresentações em Três Pontas. Inaugurar o Centro Cultural proporciona o acolhimento a um espetáculo que leva o nome da cidade mineira a todo o país, feito por artistas da terra. Além de Isabela, nos vocais, formam o grupo o pianista Clayton Prósperi e o guitarrista Ismael Tiso, ambos professores do Conservatório Municipal de Música Heitor Villa-Lobos, juntamente aos músicos sul-mineiros Dedê Bonitto (baixo) e Leandro Oliveira (bateria).

A produção do projeto artístico e a Prefeitura, surpreendidos pela pandemia, avaliaram preocupações e traçaram novos procedimentos dos ensaios à apresentação no teatro, respeitando orientações sanitárias e de distanciamento e fazendo adequações para demanda de transmissão profissional. A continuidade da apresentação igualmente reconhece a importância de se manter ativa a economia cultural, extremamente afetada neste período. O espetáculo envolve cerca de 20 profissionais, de artistas a técnicos de luz, som e vídeo, com cachês e despesas condizentes não apenas com as apresentações já ocorridas em outros locais do país, mas também à conjuntura atual.

O show, que já foi visto em respeitados palcos como o Palácio das Artes e Cine Brasil Vallourec, em Belo Horizonte, e o Teatro João Caetano, no Rio de Janeiro, vem sendo sondado nos últimos anos pela Prefeitura para apresentações em Três Pontas (Crédito: Divulgação)

O show pretende ir além do formato intimista e caseiro de shows “live” que se popularizaram durante a quarentena. Dessa forma, a apresentação no palco do teatro, com iluminação, sonorização e transmissão profissionais, pretende dar visibilidade ao novo Centro Cultural, fruto de esforço de anos. A reforma trouxe melhorias estruturais ao salão principal, saguão, banheiros, adequação às normas de segurança do Corpo de Bombeiros, trocas de cadeiras atendendo à legislação vigente para teatros e aquisição de equipamentos de som. O objetivo é que o espaço possa retomar sua tradição de receber grandes espetáculos, além de possibilitar local adequado para ensaios e apresentações de orquestra e corais do Conservatório Municipal de Música Heitor Villa-Lobos.

O novo Centro Cultural também consolida a homenagem a Milton Nascimento, artista que dá nome ao espaço em que gravou os corais do álbum “E a gente sonhando” (2011), que projetou nomes da cidade, incluindo Isabela, Clayton e Ismael. Por uma coincidência de agendas, o ícone da MPB fará “live” no mesmo domingo (28), às 18 horas. Para todos os amantes da MPB, as duas transmissões na sequência irão proporcionar um dia de celebração do papel da música e do fomento às artes para reinventar novos tempos.

Inaugurar o Centro Cultural proporciona o acolhimento a um espetáculo que leva o nome da cidade mineira a todo o país, feito por artistas da terra (Crédito: Divulgação)

Serviço

“De coisas que aprendi com Elis”: com Isabela Morais
Reinauguração do Centro Cultural Milton Nascimento: on-line

Quando: 28 de junho (domingo), às 20 horas
Transmissão: Prefeitura de Três Pontas Youtube | Facebook
Classificação: livre
Redes sociais do show: Facebook: fb/decoisasqueaprendicomElis/
Instagram: @aprendicomelis

—————————————————————————

Assessoria de Imprensa
João Marcos Veiga | (31) 9.8788.4534

[email protected]

—————————————————————————

Ficha Técnica:
Isabela Morais – intérprete, argumento e direção musical

Clayton Prósperi – piano, arranjos
Dedê Bonitto – contrabaixo, arranjos
Leandro Oliveira – bateria
Ismael Tiso – guitarra
João Marcos Veiga (participação especial) – acordeon

Notícia anterior

Em Três Pontas, farmácias atendem em sistema de plantão hoje e neste domingo

Próxima notícia

Padre Victor - Devotos rezam Novena Mensal pela descoberta da vacina contra a Covid-19