DestaquesEducação, Cultura e Lazer em Três Pontas

Fé, Música e Café – “Foram mais de 100 cliques debaixo de muito calor”, conta vencedor do concurso de Fotografia

“Eu fico feliz de participar de um concurso importante para a cultura de Três Pontas e para o fortalecimento da identidade do trespontano. O tema abraça o que temos de melhor e que atrai muitas pessoas de outras cidades e outros países. Espero que através dessa foto eu possa contribuir para que os trespontanos valorizem a sua cultura, e para atrair mais visitantes para a cidade”. 

As palavras são de Marcel Henriques Lima, vencedor do 2º Concurso de Fotografia “Fé, Música e Café”.

“Fé, Música e Café” – foto vencedora do Concurso 2019, de Marcel Henriques Lima

A disputa foi lançada pela Secretaria de Cultura, Lazer e Turismo motivando o destaque das principais características do município. No segmento religioso, Três Pontas tem dois candidatos a santos da Igreja Católica. O Beato Padre Victor e a fundadora do Carmelo São José, a Serva de Deus Madre Tereza Margarida do Coração de Maria – “Nossa Mãe” passam por processos de Canonização e de Beatificação, em andamento em Roma. Quanto à música, há na cidade inúmeros musicistas, intérpretes, compositores que esbanjam talento, além dos representantes mundialmente aclamados Milton Nascimento e Wagner Tiso. Já em relação ao café, Três Pontas é proporcionalmente um dos maiores produtores mundiais do grão. “Atualmente, o referido tema é o alicerce para que a cidade consiga visibilidade internacional, a qual se busca construir a identidade cultural do município”, mencionaram os organizadores no Edital do Concurso. 

A comissão julgadora avaliou os trabalhos e elegeu os melhores, considerando a consonância com o tema, a criatividade/originalidade e a qualidade fotográfica (técnica). 

Marcel Henriques conta que conversando sobre o Concurso, obteve do pai algumas ideias. “Fui talhando, até que a imagem surgiu na minha cabeça. Era exatamente o sentimento que eu queria transmitir, pessoas que representam a fé e a música unidas para tomar um bom café. No fundo, além de mostrar a Serra de Três Pontas, também quis que metade do espaço fosse ocupado por área rural e a outra metade zona urbana”, explica. 

Para obter a foto planejada, foram mais de 100 cliques.”Agradeço a paciência dos meus amigos Daniel, Nica e Pablo que me ajudaram mesmo em um dia muito quente e sem nenhuma sombra”, finaliza Marcel, satisfeito com resultado do esforço. Além de certificado, ele recebeu um prêmio no valor de R$ 2 mil.

De acordo com a Secretaria de Cultura, a segunda colocada é Maira M. Silva Cruz, premiada com R$ 1 mil. 

E em 3º lugar ficou Tatiana Yuri Aoyama, premiada com R$ 500. 

Notícia anterior

Drogarias atendem em sistema de plantão em TP; confira quais são elas

Próxima notícia

Usar o 13º para pagar dívidas é a principal opção dos brasileiros