DestaquesOutros

Festa do Padre Victor vai gerar dados importantes para o Projeto “Turismo Religioso” de Três Pontas

Arlene Brito

Igreja Matriz d’Ajuda lotada de turistas durante uma das missas celebradas no Dia do Padre Victor (Foto: arquivo)

Os trespontanos se preparam para vivenciar mais uma edição do maior evento de cunho religioso do município: o Aniversário de Morte de Padre Victor, em 23 de setembro.

Neste ano, a festa vai gerar dados importantes para o Projeto “Turismo Religioso”, encabeçado pela Associação Comercial e Agroindustrial (Acai-TP) e que caminha com apoio do Sebrae Minas, Prefeitura, Associação Padre Victor e outros segmentos interessados em aproveitar o potencial turístico do município. Em recente reunião com representantes destes setores ficou definido que a Secretaria Municipal de Cultura, Lazer e Turismo, alunos da Faculdade Três Pontas (Fateps), Acai-TP e Secretaria de Estado de Turismo de Minas Gerais (Setur) realizarão uma pesquisa quantitativa e qualitativa a fim de identificar quem forma o público de Padre Victor e quais são as principais necessidades dos visitantes que vêm para agradecer e pedir bênçãos por intermédio do Beato. 

De acordo com a turismóloga, integrante da equipe da Secretaria Municipal de Cultura, Keyre Mariano, a pesquisa dos dias 22 e 23 de setembro possibilitará traçar estratégias de atuação, justificar ações e elaborar planejamentos de curto, médio e longo prazo, visando o aumento do bem estar de moradores e turistas e a melhor alocação de recursos de forma sustentável. 

Destacando que no período da Festa do Beato Padre Victor, é quando a cidade recebe seu maior fluxo de turistas, Keyre Mariano explica que a pesquisa de demanda  servirá de embasamento ao poder público em relação à criação de políticas efetivas para o setor a partir do momento em que se conheça o perfil dos visitantes e o impacto causado pela atividade na cidade.

Outra novidade é que Acai e Sebrae-MG estão negociando com empresa especializada para análise e viabilização do  “Diagnóstico do Potencial Turístico de Três Pontas”. O estudo aprofundado mostrará caminhos a serem seguidos para que o turismo de fato aconteça com sustentabilidade, dando o retorno esperado: geração de emprego e renda, consequentemente desenvolvimento e melhorias na qualidade de vida para toda a comunidade trespontana.

Projeto Turismo Religioso resulta em mudança na “Feira do Padre Victor”

Sujeira deixada na Avenida após a Feira é outro motivo de reclamação por parte de muitos trespontanos (Foto: arquivo)

Assim que o Projeto “Turismo Religioso” começou a ser discutido, em abril, foi manifestada insatisfação quanto ao local de realização da “Feira do Padre Victor”. Para abrigar os vendedores ambulantes que aportam na cidade, desde 2013 a Avenida Oswaldo Cruz – uma das principais vias urbanas – fica interditada por vários dias gerando transtornos em relação ao trânsito e reclamações por parte de moradores das imediações.

Em comum acordo, os organizadores do 113º Aniversário de Morte de Padre Victor decidiram que os camelôs montarão suas barracas comerciais no Parque Multiuso da Mina, que fica no Bairro Vila Marilena. O espaço, que já é visitado pelos devotos, passará por melhorias e vistoria a ser feita pelo Corpo de Bombeiros de Minas Gerais (CBMMG). O Parque será fechado entre os dias 21 e 25 de setembro para que aconteça a feira.

Notícia anterior

Bolsa de estudos? Faça o Desafio e venha estudar na Escola Coração de Jesus-Objetivo

Próxima notícia

Eleições 2018 - Estão abertas as inscrições para quem quer ser mesário voluntário