Outros

Melhores Cafés Cocatrel – prateleiras de Três Pontas e do mundo ganham novos sabores

Um foi exportado para a Inglaterra. O outro para a Bélgica. Mas esses cafés especialíssimos também estão ao alcance dos consumidores de Três Pontas, de Minas, do Brasil. E podem ser adquiridos na Cafeteria Cocatrel ou na Loja On-line da Cooperativa, cuja sede está em Três Pontas – município que tem a produção cafeeira no sangue.

Os cafés foram respectivamente produzidos pelo senhor Pedro Luiz Damasceno, no Sítio Três Irmãos, que fica em Ilicínea, e pelo trespontano Francis Figueiredo Oliveira, na Fazenda Santa Margarida. A dedicação deles e de suas equipes resultaram em bebidas diferenciadas, premiadas e que agora ganham visibilidade dentro e fora do país.

Acompanhados de familiares, Pedro e Francis participaram na tarde de ontem (14) do lançamento de seus cafés. No ambiente aconchegante da Cafeteria predominou a informalidade. Meio a muita conversa, troca de experiências e de elogios os cafés foram degustados – e aprovados.

“Estou muito feliz pela oportunidade de reconhecer o trabalho dessas pessoas.  Estamos aqui vendendo não somente café, mas também a nossa emoção, trabalho, vida, história. A Cocatrel está aqui para isto: fazer a conexão do produtor, do produto com os compradores, com os torradores”, disse o presidente da Cooperativa, Marco Valério Araújo Brito.

Modelo – Projeto Cocatrel desperta interesses

O 10º Prêmio “Melhores Cafés Cocatrel Safra 2019-2020” – que coroou o trabalho de 12 cafeicultores, dentre eles Pedro Damasceno e Francis Figueiredo, veio com uma inovação que já despertou interesses. Na próxima semana, Marco Valério fará uma palestra na Guatemala sobre três possibilidades que acompanham as embalagens dos cafés premiados.

Por um QR-Code, quem comprar esses produtos terá acesso à rastreabilidade, ou seja, conhecerá todo o caminho percorrido pelos cafés em todas as etapas na fazenda, seguindo pelo armazém da Cocatrel, pela torrefação. Conhecer cada fase desse processo é importante porque, entre as vantagens, o produto é apresentado com transparência.

Também pelo QR-Code, o comprador pode “dialogar” com o produtor, deixando sua opinião a respeito daquele café. A avaliação é fundamental para que haja interesse pela melhoria constante da qualidade, pela geração de produtos que atendam de forma crescente aos gostos e necessidades do mercado.

“Esse trabalho de reposicionamento dos nossos cafés torrados é singular, é único no mundo”. (Marco Valério, presidente da Cocatrel)

E, considerada “a grande jogada” da Cocatrel: gostou pode bonificar financeiramente. A gratificação do consumidor é livre e vai direto para a conta do produtor.

“Esse trabalho de reposicionamento dos nossos cafés torrados é singular, é único no mundo. O caminho está feito”, comemora o presidente da Cooperativa, informando ainda que a Suíça também quer embarcar no projeto.

Mais para os produtores premiados

A cada venda desses cafés, cuja embalagem é personalizada, R$ 10 vão para o respectivo produtor. E esses cafeicultores premiados também recebem durante o lançamento, 20 unidades para que possam, por exemplo, presentear parentes e amigos.


Sintonize mais: clique AQUI e conheça um pouco dos cafés de Pedro Luiz Damasceno e Francis Figueiredo Oliveira


Ilicínea no mapa mundial do café

O município de Ilicínea, distante 76 quilômetros de Três Pontas, tem 12.375 habitantes (estimativa IBGE 2019) e acolhe uma das filiais da Cocatrel. Além de comemorar a premiação do senhor Pedro Damasceno (e família e colaboradores), a cidade se prepara para receber um importante evento: o Micro Region Showcase BSCA. 

Marco Valério revela que 25 compradores internacionais passarão quatro dias em Ilicínea, de 20 a 24 de janeiro. “Eles conhecerão a nossa região, as culturas, as fazendas e, sobretudo, as pessoas. Os negócios de café são feitos com pessoas e, claro, comprarão lotes de cafés dos nossos produtores”, cita em tom de destaque.

O Showcase será realizado pela Cocatrel, Apex Brasil e BSCA para a “promoção e divulgação de Ilicínea, cidade que tem se configurado como uma das principais produtoras de cafés especiais do país”.

União e participação geram sucesso

Em sua fala final, o presidente Marco Valério parabenizou os cooperados Pedro e Francis pela eficiência, pelo cuidado diário dos “detalhes” que, analisa, fazem a diferença. Completou agradecendo à equipe Cocatrel.

“A Cocatrel exporta para todos os continentes e é reconhecida como otimizadora de cafés finos, especiais. Só temos esse sucesso porque os cooperados entenderam o chamado e passaram a se dedicar e focar na consistência, o Francis, por exemplo, premiado pela terceira vez. Se temos vários produtores pontuais somos identificados, e quem vem de fora sente que temos história, que nossos produtos vêm de um trabalho de alma”.

Placa em frente à Cafeteria Cocatrel anuncia chegada de novos produtos ao mercado interno e externo

O primeiro lançamento aconteceu em 10 de dezembro, com cafés assinados por Gilberto Augusto Caineli Basílio e José Carlos dos Reis. Clique AQUI e recorde.


“É muita alegria. Esse projeto mostra a nossa luta do dia a dia, valoriza o nosso trabalho e permite à pessoa ver todo o processo, tomar o café e ver que ele é bom. Esse Prêmio, o nosso primeiro, vem do trabalho de parceria com filhos, com os agrônomos, com a Cocatrel que dá todo suporte e onde a gente é muito bem atendido. Sou apaixonado pelo que faço desde quando eu mexia na lavoura – desde que comecei a trabalhar com meu pai, desde a base, então, procuro fazer o melhor. Eu sabia que nosso café esse ano seria bom mas, sinceramente, não esperava tanto; 2019 foi um sucesso e 2020 será melhor ainda. Eu já trabalho muito e vou trabalhar ainda mais e nós vamos fazer melhor a cada ano”. (Pedro Luiz Damasceno)

Marco Valério (presidente Cocatrel) e Luiz Antônio Vinhas Oliveira (diretor Comercial, à direita) durante o lançamento do Café Premiado do senhor Pedro (e família)


“Pelo terceiro ano consecutivo a Fazenda recebe esse Prêmio – fruto de muito trabalho, dedicação, organização; fruto de ações que vêm de família, da vó Doti que lidou muito com o café; fruto de uma equipe sem a qual não seria possível realizar um trabalho tão bom. Receber o Prêmio Cocatrel é para nós uma satisfação. A Cocatrel, por meio do Direct Trade, exporta dando credibilidade e mostrando ao mundo a excelência do nosso café. Ter os produtos disponíveis também na Cafeteria e Loja On-line permite que mais pessoas conheçam esses produtos especiais e isso abre para novos gostos, abre possibilidade do consumidor aprender a gostar desse tipo de café, um café que é da nossa cidade. Acreditamos que esse projeto é importante para os produtores, para a comunidade, para o município. As inovações do QR-Code são fantásticas, já que mostram tudo para o comprador: cada etapa, a história de cada produtor e de cada produto e esse consumidor passa a valorizar, e claro, para o produtor é muito bom ser reconhecido cada vez mais. A Cocatrel tem promovido o vínculo com o produtor e isso aumenta as oportunidades e a tendência é querer melhorar sempre”. (Francis Figueiredo/Juliana Gouvêa de Miranda)

O produtor Francis Figueiredo Oliveira, um dos premiados 2019. Na foto, acompanhado da esposa Juliana, filhos, Marco Valério e Luiz Antônio

 

Notícia anterior

Site para restituição do Dpvat começa a funcionar hoje

Próxima notícia

Família TOC cresce com a chegada da mascote Renatinha