Seu Direito com Dra. Poliana Azevedo

Seu Direito com Dra. Poliana Azevedo: direitos da empregada gestante, conheça e exija

Dra. Poliana Azevedo – colaboradora SintonizeAqui

  • A empregada gestante tem direito à licença-maternidade de 120 (cento e vinte) dias, sem prejuízo do emprego e do salário.
  • Os períodos de repouso, antes e depois do parto, poderão ser aumentados de 2 (duas) semanas cada um, mediante atestado médico.
  • Afastamento de atividades e locais insalubres.
  • É garantido à empregada, a transferência de função, quando as condições de saúde o exigirem, assegurada a retomada da função anteriormente exercida, logo após o retorno ao trabalho.
  • É garantido à empregada a dispensa do horário de trabalho pelo tempo necessário para a realização de, no mínimo, seis consultas médicas e demais exames complementares.
  • Dois descansos diários de 30 minutos para amamentação, inclusive se advindo de adoção, até a criança completar seis meses de vida.
  • Em caso de aborto não criminoso, comprovado por atestado médico oficial, a empregada terá um repouso remunerado de 2 (duas) semanas, ficando-lhe assegurado o direito de retornar à função que ocupava antes de seu afastamento.
  • Estabilidade no emprego, o que significa que do momento da confirmação da gravidez até cinco meses após o parto a empregada gestante não poderá ser demitida sem justa causa.

Sintonize mais: Auxílio-Doença, Tenho Direito?


(Foto página principal: Abrasel)

 

Notícia anterior

Mães serão homenageadas na Matriz d’Ajuda pela Orquestra de Três Pontas e Secretaria de Cultura aproveita o momento para destacar servidora

Próxima notícia

Polícia Militar de Três Pontas Faz Balanço Parcial Da Criminalidade e verifica redução em relação ao ano passado