Aqui Notícias de Três Pontas e regiãoPoliciais

Polícia Militar Realiza Operação Contra O Uso De Pipas Com Linhas Cortantes Em Três Pontas

A Polícia Militar de Três Pontas iniciou no último dia 20 mais uma edição da Operação Contra o Uso de Pipas com Linhas Cortantes. Desde então, diversos materiais foram recolhidos.

Cerol Linhas Cortantes Pipas Operação Polícia

Materiais recolhidos mostra que a “brincadeira” espalha perigo pelas ruas de Três Pontas (Foto: PMMG)

De acordo com a Assessoria de Comunicação Organizacional da 151ª Companhia Militar da cidade, o uso de pipas com linhas cortantes em áreas públicas é proibido em todo o estado de Minas Gerais, de acordo com a Lei Estadual nº 14.349 de 2002. Ainda assim, periodicamente, devido às condições climáticas favoráveis, aliadas principalmente ao período de férias escolares, a incidência de acidentes envolvendo o material utilizado indevidamente na brincadeira de empinar pipas torna-se mais frequente.

A Polícia Militar observa que essa “brincadeira” pode ser extremamente perigosa. Isto porque quando a linha está totalmente esticada, dificilmente é vista e, ao passar em velocidade (ou não) por ela, funcionará como uma perfeita “guilhotina”, um verdadeiro instrumento que perfura e corta ao mesmo tempo, podendo produzir lesões de grande profundidade. Ainda de acordo com a PM, são inúmeros os casos de lesões corporais e mortes de motociclistas, ciclistas, transeuntes e até mesmo de animais degolados ao terem a linha enroscada no corpo.

A Companhia de Polícia Militar de Três Pontas alerta também que a pessoa ou responsável pelo menor encontrado com pipas utilizando a linha cortante, está sujeito à multa por cada conjunto de material recolhido. Esta medida administrativa está prevista pelo Decreto 43583/03.


Sintonize mais: Relembre o caso: Pipa causa estrago em helicóptero do Corpo de Bombeiros de Varginha 


Notícia anterior

Jovem perde a vida em acidente na zona rural de Três Pontas

Próxima notícia

Protetores pedem ajuda para cãozinho que precisa de quimioterapia